Dificuldade em amar, de onde vem isso?

Oi!

Você sente dificuldade em amar, em confiar, em entregar-se?

Olha, em primeiro lugar preciso deixar bem claro que as coisas que escrevo aqui são percepções, opiniões e conclusões baseadas em pessoas e teorias que eu me identifico (Bert Hellinger nesse caso). Cada um tem o direito e a obrigação de buscar aquilo que faz sentido para si, ok!? 

Dito isso, uma das possibilidades com relação a falta de confiança no outro pode ser a relação com a mãe da gente ❤. Sim, a maneira com que lidamos com a mulher e também com o homem chamados MÃE E PAI, tem TUDO a ver com o desenrolar da nossa vida. E as vezes, está tudo beeem enrolado. 😬

Muitas vezes durante a infância, por inúmeros motivos, não pudemos ter uma relação amorosa com a mãe. As vezes não tivemos a oportunidade de conviver com ela. Pode ser que nascemos e algo já aconteceu, seja uma morte, um abandono, uma adoção ou qualquer outro evento. Algo interrompeu o movimento natural de estar com a mãe e aí nasceu um trauma. Esse trauma chamamos de ‘movimento interrompido’. 🚫

Nos tornamos adultos e a vida seguiu, porém, aquela criança que sentiu-se abandonada e amedrontada ainda pode estar morando dentro de nós e fazendo estragos. Maaaas, este problema tem solução. 🧐

Você pode estar pensando assim: Mas Michele, minha mãe morreu.. não tenho como falar com ela! Gente, isso não importa nesse momento! Nesse primeiro passo o importante é a retomada dentro da nossa alma e do nosso coração, para então seguir em frente e em paz. As Constelações Familiares são quânticas, ou seja, independem de tempo e de espaço, por isso esse reencontro é perfeitamente possível. 

Tem gente que prefere ficar uma vida inteira sentindo pena de si mesmo ao invés de fazer algo e resolver a questão. Muita coisa tem solução, saia do quadrado e permita-se! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s