Você recebe tanto quanto dá? Você dá tanto quanto recebe?

Oi! 🙋‍♀️

Pense por um instante nas suas relações mais próximas. Seu casamento, suas amizades, irmãos, o trabalho. Como você se sente? As sensações foram boas ao lembrar dessas pessoas? Você fica em paz ao pensar nisso? Ou surgiram aperto no peito e descontentamento? Vergonha? Repulsa? 😔

Quando devemos algo a alguém, e aí podemos incluir: atenção, amor, carinho, favores, dinheiro, compreensão, trabalho, presentes… não ficamos em paz. 🕊

Muitas vezes isso não é consciente, tem algo incomodando e não conseguimos identificar o que é, maaasss, nossa alma (ou o nosso inconsciente, chame do que quiser) sabe tudo. ✨

Aquele que recebe muito tem a impressão de estar sendo agraciado, ele acha que é feliz por fazer menos. Enquanto a pessoa que faz muito tem a sensação de superioridade sobre aquele que “deve”. ⚖

Dessa forma, as relações ou terminam ou são ruins. E como essa “lei” não é conhecida por todos, nem é ensinada na escola, as pessoas vivem nesse ciclo de terminar relacionamentos e começar outros, FAZENDO EXATAMENTE AS MESMAS COISAS PELAS QUAIS O FRACASSO ACONTECEU ANTERIORMENTE. 🌀

Quando algo dá errado, as conclusões são coisas do tipo:

  • Puxa, eu tinha uma amiga que “de repente” se afastou = “Quanta ingratidão!”
  • Minha mulher pediu o divórcio e eu nem sei ao certo o motivo = “Eu não fiz nada!”
  • Eu fiz de tudo pelo meu irmão, mas a gente não se entende. “Ele é uma pessoa difícil!”

E por aí vai. ↩

Ao fazer uma retrospectiva, veremos que todos os dias desequilibramos várias vezes nossas relações. 😒😫😏😔

  • A amiga se afastou pois não conseguia retribuir todos os convites.
  • A mulher pediu o divórcio pois trabalhava fora, cuidava da casa e dos filhos, fazia comida e mesmo assim dizia que estava tudo bem daquele jeito.
  • O irmão sente um peso gigante pois recebe ajuda financeira e sabe que tudo que já ganhou é impagável.

Segundo as Constelações Familiares, existe uma lei chamada “Equilíbrio de Troca” onde todas as relações precisam estar equilibradas no dar e tomar.

Isso não significa que precisamos “pagar na mesma moeda”, mas sim, dar aquilo que é capaz. Afinal, somos todos criaturas diferentes e nos complementamos com nossas qualidades. 🎯

Quando alguém faz muito, automaticamente, alguém faz pouco. E dessa forma, as pessoas vão vivendo e se acostumando com relações ruins. 👀

É muito comum a queixa de sentir-se abusada, de que fulano se “aproveita”, “eu faço tudo sozinha”, “ciclano não está nem aí”… e as pessoas vão vivendo e achando que é assim mesmo. Mas gente, não é assim não!! 🙊

É preciso estar num estado presente para perceber as dinâmicas. Ligar o modo automático de viver só leva ao caos. 😬

Esteja atento ao seu guia interno (pode chamar de intuição). Pratique o dar e o receber, eles são totalmente complementares. Comece aos poucos, seja gentil com você e com a sua mudança. Isso pode levar um tempo, mas faz um efeito danado! 💕🌎

Um beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s