Avós que interferem na educação dos netos

Oi!

Hoje pediram que eu falasse sobre esse tema lá no meu Instagram (@michelekuze), então já aproveito e escrevo aqui também. O que fazer com as avós que interferem na educação dos netos?

Bem, em primeiro lugar deixo claro algo essencial:
Quando nos relacionamos e temos um filho, passamos a formar UM NOVO SISTEMA. A partir desse momento esse novo sistema tem prioridade.
Então, quem decide como as coisas acontecerão naquele novo sistema são os pais.

Maaaaaas, todavia, entranto… ao ouvir esta queixa, a primeira coisa que pensei foi:

O QUANTO essa avó faz por esse neto, que ela sente ter o direito de se intrometer?

Você fala daquela avó que cuida dos netos TODOS OS DIAS pois a filha/nora/filho/genro vai trabalhar??
Subentende-se então que ela: cozinhe, limpe, lave, talvez ela passe.. talvez ela ajude nas tarefas.. talvez ela leve e busque da escola e do inglês… talvez
ela dê banho e leve para a “catequese”… talvez ela faça o jantar… talvez.

É dessa pessoa que você se refere ao dizer “minha sogra/minha mãe se intromete demais”??

Todos nós adultos sabemos, ou deveríamos saber, o quanto de dedicação é preciso para cuidar de crianças. Quanta sujeira, quanto cansaço, quanto tempo, quanta energia vital essa avó doa para esses netos e também para essa filha ou filho, pais dessas crianças?

Aí você pode, de uma forma beeeem “ingênua” pensar: Mas ela faz por amor!

Lóoogico que há amor. Mas, considere a possibilidade de, se a relação está estressada e com desentendimentos, é possível que esse amor não está sendo suficiente para manter o equilíbrio. Essa avó está fazendo muuuito, talvez demais.

LEMBREM-SE DE ALGO: A ordem vem antes do amor.

Então, vamos refletir muito antes de acreditar em coisas do tipo: * a minha mãe faz questão de cuidar dos netos, * os netos na verdade são a salvação da minha mãe, * a minha mãe não tem o que fazer pois ela é aposentada, *a minha mãe é tão sozinha, * a minha mãe é triste naquela casa. E por isso tudo, eu (mãe e pai desses pequenos) tenho a solução para essa avó tão coitada: dou a ela os netos TODOS OS DIAS. E desta maneira (tão conveniente para mim), vou aliviar a sua tristeza, animar a sua casa, dar amor e companhia. Veja só!

Acontece que estamos na vida real meu bem! E a realidade não é tão romântica. Também deixamos para esta SENHORA conhecida como Vovó: sujeira, barulho, trabalho, bagunça, cansaço.

Gente, deixemos a hipocrisia de lado!

Voltemos ao início de tudo.

Todas as relações precisam de equilíbrio. TODAS!

Como você, que deixa seus filhos com sua mãe ou com sua sogra está equilibrando este dar e tomar? Você está pagando ela? Ai Michele, que absurdo pagar uma avó. Ah tá, você vai trabalhar todos os dias de graça?

Ahh, mas a minha mãe não aceita dinheiro. OK, não precisa ser dinheiro. Existem milhares de outras formas de equilibrar isso.. você pode dar um bom presente todo mês, pode sentar-se à mesa da cozinha todos os dias e ouvir um pouco das queixas, pode oferecer um passeio tão desejado, pode fazer o supermercado da casa… não sei, cada família com a sua dinâmica. Descubra qual é a dinâmica da sua e FAÇA!

O que importa é manter o EQUILÍBRIO.

Aposto, que a partir do momento em que isso acontecer, a avó vai parar de interferir. O sentimento de que “me devem algo” vai sumindo aos poucos. E ao mesmo tempo, você se sentirá apaziguada pois não estará em dívida com ela.

Espero ter ajudado.

Um beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s